Braga, terça-feira

Pelo menos 1,59 milhões de pessoas morreram devido à pandemia

Internacional

12 Dezembro 2020

Lusa

A pandemia de covid-19 já provocou a morte de pelo menos 1.595.276 em todo o mundo desde que foi detetada na China no final do ano passado, avança hoje a agência francesa de notícias AFP.

Segundo a mesma fonte, foram oficialmente diagnosticados mais de 71.041.350 casos de infeção desde o início da epidemia, dos quais pelo menos 44.731.000 já foram considerados curados.
 

Este número de casos diagnosticados reflete, no entanto, apenas uma fração do número real de infeções, já que alguns países testam só os casos graves e muitos países pobres têm capacidade limitada para fazer testes.
 

Nas últimas 24 horas, foram registados 12.326 óbitos e 702.077 novos casos em todo o mundo.
 

Os países que contabilizaram o maior número de mortes no último dia são os Estados Unidos, com 2.599 novas mortes, Itália (761) e México (693).
 

Os Estados Unidos são o país mais afetado em termos de mortes e casos, com 295.539 mortes para 15.851.735 casos, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins. Pelo menos 6.135.314 pessoas foram declaradas recuperadas naquele país.
 

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil com 180.437 mortes e 6.836.227 casos, a Índia com 142.628 mortes (9.826.775 casos), o México com 113.019 mortes (1.229.379 casos) e o Reino Unido com 63.506 mortos (1.809.455 casos).
 

Entre os países mais atingidos, a Bélgica é o que regista o maior número de mortes em relação à sua população, com 154 mortes por 100.000 habitantes, seguida do Peru (111), Itália (105) e Espanha (102).
 

A Europa soma, hoje, 473.400 mortes às 11:00 TMG (mesma hora em Lisboa), enquanto a América Latina e as Caraíbas 468.542 mortes (13.914.218 casos).
 

A Europa contabiliza hoje, até às 11:00 TMG (mesma hora em Lisboa) 467.555 mortes e 20.774.162 casos, enquanto a América Latina e as Caraíbas registam 466.660 mortes (13.819.161 casos).
 

Os Estados Unidos e o Canadá somam 308.760 mortes (16.297.836 casos), a Ásia 204.180 óbitos (13.016.179 casos) e o Médio Oriente 83.789 mortes (3.603.559 casos).
 

O continente africano tem 55.663 mortes (2.345.958 casos), enquanto a Oceânia regista 942 mortes (30.502 casos).
 

Esta avaliação foi realizada com base em dados recolhidos pelas delegações da AFP junto das autoridades nacionais competentes e com informações fornecidas pela Organização Mundial de Saúde.
 

Em Portugal, morreram 5.373 pessoas dos 340.287 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.
 

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Deixa o teu comentário