Braga, quinta-feira

Pepa quer Paços de Ferreira a dar tudo em campo até final do campeonato

Desporto

03 Abril 2021

Lusa

Pepa disse hoje que o Paços de Ferreira vai encarar os 10 jogos em falta da I Liga de futebol como se fossem os últimos da vida dos jogadores, antecipando "muitas dificuldades" frente ao Famalicão, na 25.ª jornada.

O técnico pacense, que falava na antevisão ao jogo de domingo, em Famalicão, foi claro ao indicar o caminho que a equipa deve traçar até ao final do campeonato, advogando que é preciso "manter os níveis de intensidade e agressividade", e encarar os derradeiros 10 jogos "como se fossem os últimos" das vidas de cada um.
 

Sobre a deslocação a Famalicão, Pepa não poupou elogios ao adversário, que considerou ter "um dos melhores plantéis da Liga em qualidade individual", e ao seu técnico, Ivo Vieira.
 

"Uma equipa desenhada e preparada para um 4-3-3 e, sem desvalorizar quem por lá passou, a chegada do Ivo Vieira foi um casamento quase perfeito", disse Pepa, enaltecendo "o trabalho que [o técnico] tem feito nos três últimos anos em Portugal".
 

Para o técnico pacense, o registo recente do Famalicão (um empate e uma vitória), "tem o dedo, a mão, o cabelo, tem tudo do treinador", a juntar à qualidade dos seus jogadores, pedindo "superação" aos seus jogadores para "um jogo de extrema dificuldade".
 

"Já o disse na primeira volta que o Famalicão ia ser das equipas mais difíceis da Liga, e a nossa vitória em casa só saiu valorizada pela dificuldade que sentimos. É uma equipa que nos irá pôr à prova e amanhã [domingo] isso vai repetir-se. Hoje, estão ainda melhores e será um jogo muito difícil. Mas é destes jogos que gostamos, o que vai exigir superação da nossa parte", sublinhou.
 

O internacional sul-africano Luther Singh cumpre castigo e vai falhar a deslocação a Famalicão. Pepa admitiu que a ausência do extremo, segundo melhor marcador da equipa no campeonato, com cinco tentos, vai provocar "alteração das dinâmicas", tendo em conta as diferentes características dos jogadores.
 

O técnico pacense comentou também o comportamento de David Suahele e João Pedro, envolvidos numa festa ilegal, em Esposende, considerando que "foram irresponsáveis e estão sob alçada disciplinar".
 

"Todos cometemos erros, não temos de crucificar ninguém, mas, naturalmente, há consequências", concluiu Pepa.
 

Os dois jogadores, multados pelo clube, cumpriram 10 dias de quarentena e devem regressar aos treinos na segunda-feira, nesta fase ainda em horários desfasados com o resto do plantel, o que se deverá manter até ao jogo com o Benfica.
 

Na tabela, o Paços ocupa o quinto lugar, em zona europeia, com 44 pontos, enquanto o Famalicão é 14.º, com 23, dois pontos acima da zona de despromoção.
 

O jogo realiza-se no estádio Municipal de Famalicão, no domingo, às 20:00, e terá arbitragem de Nuno Almeida, da associação do Algarve.

Deixa o teu comentário