Braga, segunda-feira

Petit satisfeito com desempenho dos jogadores do Belenenses SAD

Desporto

03 Janeiro 2021

Redação

O treinador do Belenenses SAD afirmou hoje que os jogadores têm correspondido ao pedido, numa altura em que se preveem mudanças no eixo defensivo diante do Gil Vicente, na 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

O treinador do Belenenses SAD afirmou hoje que os jogadores “têm correspondido ao pedido”, numa altura em que se preveem mudanças no eixo defensivo diante do Gil Vicente, na 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Os castigados Cafú Phete e Tomás Ribeiro são ausências confirmadas e o brasileiro Henrique permanece em dúvida, com o treino de hoje a ser decisivo, podendo abrir espaço a uma novidade na zona central da defesa, como Gonçalo Silva, de regresso após lesão prolongada.

“O Gonçalo [Silva] já está a trabalhar connosco há três ou quatro semanas, ainda não está no seu melhor em ritmo competitivo, já fez 45 minutos com os sub-23 e tem trabalhado connosco no dia-a-dia, mas o treino é diferente do jogo. É claro que gostaríamos de ter os jogadores todos, mas os que têm jogado têm correspondido ao que temos pedido”, disse Petit.

Em conferência de imprensa realizada através da Internet, o técnico dos ‘azuis’ entende que, apesar das alterações forçadas, o desenho tático em 3-4-3 permanece como ideia principal, pois todos os jogadores “sabem o que têm de fazer no processo defensivo e ofensivo”, mesmo que sejam adaptados a posições diferentes, como foi o caso de Tiago Esgaio na última partida.

“O Esgaio jogou como central do lado de fora, tem uma qualidade diferente de passe e criámos situações com o Miguel [Cardoso] na cara do golo. São jogadores diferentes, mas as ideias estão lá, os jogadores é que fazem as dinâmicas, tanto em termos defensivos, como ofensivos. Trabalhamos sempre em função do que podemos explorar da equipa adversária”, explicou.

O Gil Vicente, sob o comando de Ricardo Soares, averbou apenas um desaire diante do Benfica em seis encontros disputados, o que leva Petit a considerar o jogo “extremamente difícil”, mas o Belenenses SAD está preparado “para lutar pelos três pontos”, sem o guarda-redes André Moreira, na porta de saída e entregue à direção.

“É uma equipa que, quando não tem bola, pressiona muito bem, que sabe o que tem de fazer, que baixa numa linha de cinco [defesas]. São uma equipa mais agressiva a querer ganhar a bola, tem três jogadores mais móveis e muito rápidos a partir para a transição, três elementos do meio campo a fazer muita pressão na bola. Dentro daquilo que analisámos, vamos tentar alterar uma ou outra situação da nossa ideia, mas não fugindo muito às nossas dinâmicas”, apontou.

Apesar da derrota com o Sporting, por 2-1, Petit sublinhou que a equipa levou “mais aspetos positivos que negativos” da exibição e fez questão de expressar ao plantel, no primeiro treino do novo ano, a sua satisfação “com o comportamento, a exigência e o sofrimento com as condições de trabalho”.

“Estou satisfeito com o que os meus jogadores têm feito, sabendo das dificuldades que temos ultrapassado. Só tenho de dar os parabéns, não pela classificação, pois achamos que podíamos estar com mais pontos, mas pelo comportamento diário, compromisso e exigência no treino”, ressalvou.

Belenenses SAD, 15.º classificado, com 11 pontos, e Gil Vicente, no 12.º posto, com 12, defrontam-se a partir das 19:00 de segunda-feira, no Estádio Cidade de Barcelos, com arbitragem de Hugo Silva, da associação de futebol de Santarém.

Deixa o teu comentário