Braga, sexta-feira

PJ deteve suspeito de pegar fogo a casa em Braga

Regional

06 Fevereiro 2020

Lusa

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem de 68 anos suspeito de ter ateado fogo à casa em que vivia em Esporões, Braga.

Em comunicado, a PJ acrescenta que o suspeito “atuou num quadro de vingança, tendo utilizado um produto inflamável e chama direta para deflagrar o incêndio”.
 

O suspeito teria ordem para abandonar a habitação até ao final do mês.
 

O incêndio ocorreu na madrugada de 30 de janeiro e teve início numa dependência da moradia em que o detido vivia.
 

Na moradia, vivem ainda um casal e as suas duas filhas, familiares do detido, que se aperceberam do incêndio e pediram socorro.
 

A PJ refere que o incêndio só não atingiu outras proporções devido à “pronta intervenção” dos bombeiros, que impediram a propagação das chamas à restante habitação.
 

Logo após a deflagração, o suspeito fugiu para parte incerta, tendo sido localizado na quinta-feira pelas autoridades.
 

Foi hoje conduzido a tribunal, para primeiro interrogatório judicial, e acabou por ficar em liberdade.
 

Fica sujeito a apresentações semanais em posto policial e proibido de contactar com os familiares residentes na casa a que pegou fogo.

Deixa o teu comentário