Braga, quinta-feira

Portugal com 11 mortes e 592 novos casos nas últimas 24 horas

Nacional

01 Abril 2021

Lusa

Portugal registou hoje 11 mortes relacionadas com a covid-19 e 592 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Portugal registou hoje 11 mortes relacionadas com a covid-19 e 592 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

É o segundo dia em que o valor de novos casos ronda os 600, número acima do habitual nas últimas semanas.

O boletim epidemiológico da DGS revela que estão internados 538 doentes (menos 20 do que na quarta-feira), o mais baixo desde 21 de setembro, dia em que estavam internadas 518 pessoas.

Nos cuidados intensivos, Portugal tem hoje 129 doentes, mais dois em relação a quarta-feira.

Os dados revelam ainda que 702 pessoas foram dadas como recuperadas, fazendo subir para 778.912 o número total desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

Os casos ativos em Portugal continuam a registar uma diminuição, com 26.543 contabilizados hoje (menos 121).

Desde março de 2020, Portugal já registou 16.859 mortes associadas à covid-19 e 822.314 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19.

As autoridades de saúde têm em vigilância 15.950 contactos, mais 150 relativamente ao dia anterior.

De acordo com os mais recentes dados da DGS, Portugal tem atualmente 1.696.569 pessoas vacinadas contra a covid-19: 1.210.996 com a primeira dose e 485.573 com a segunda dose.

O índice de transmissibilidade (Rt) do novo coronavirus em Portugal está estável, mantendo-se em 0,94, enquanto a incidência desceu para 65,3 novos casos de infeção por 100.000 habitantes, segundo dados oficiais.

De acordo com o boletim conjunto da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), o Rt é de 0,94 em Portugal continental e ilhas, segundo a última atualização feita na quarta-feia.

No que respeita à incidência de novos casos de infeção com SARS-CoV-2, os dados revelam que situa-se nos 65,3 casos por 100.000 habitantes e nos 62,4 casos por 100.000 habitantes se for considerado apenas o continente, também de acordo com a última atualização, na quarta-feira.

A incidência refere-se ao número de novos casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

Os dados do Rt e da incidência são atualizados à seguynda, quarta e sexta-feira.

Das 11 mortes reportadas, seis foram registadas em Lisboa e Vale do Tejo, quatro na região Norte e uma na região Centro.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas 267 novas infeções, contabilizando-se até agora 311.729 casos e 7.135 mortos.

A região Norte tem 150 novas infeções por SARS-CoV-2 e desde o início da pandemia já contabilizou 330.823 casos de infeção e 5.305 mortes.

Na região Centro registaram-se mais 41 casos, acumulando-se 117.204 infeções e 2.999 mortos.

No Alentejo foram assinalados mais 35 casos, totalizando 29.115 infeções e 970 mortos desde o início da pandemia.

Na região do Algarve o boletim de hoje revela que foram registados 64 novos casos, acumulando-se 20.739 infeções e 353 mortos.

Na região Autónoma da Madeira foram registados 26 novos casos, contabilizando 8.632 infeções e 68 mortes devido à covid-19 desde março de 2020.

Os Açores têm hoje nove novos casos e contabilizam 4.072 casos e 29 mortos desde o início da pandemia, segundo a DGS.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

Os casos confirmados hoje a nível nacional distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo do maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 372.558 homens e 449.470 mulheres, mostram os dados da DGS, segundo os quais há 286 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 8.849 eram homens e 8.010 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de mortes, 11.112 eram pessoas com mais de 80 anos, 3.576 com idades entre os 70 e os 79 anos, e 1.502 tinham entre os 60 e os 69 anos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.816.908 mortos no mundo, resultantes de mais de 128,8 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Deixa o teu comentário