Portugal terá até março menos de metade das vacinas previstas - António Costa

Nacional

11 Fevereiro 2021

Lusa

Portugal vai receber menos de metade das vacinas contra a covid-19 que estavam previstas para o primeiro trimestre deste ano, alertou hoje o primeiro-ministro, António Costa, em conferência de imprensa após a reunião do Conselho de Ministros.

Portugal vai receber menos de metade das vacinas contra a covid-19 que estavam previstas para o primeiro trimestre deste ano, alertou hoje o primeiro-ministro, António Costa, em conferência de imprensa após a reunião do Conselho de Ministros.

“No nosso caso, em vez dos 4,4 milhões de doses, nós vamos receber neste primeiro trimestre 1,98 milhões de doses, o que significa que a nossa capacidade de vacinação neste primeiro trimestre vai ser cerca de metade daquilo que estava previsto nos contratos assinados entre as farmacêuticas e a Comissão Europeia”, disse António Costa.

Nas palavras do primeiro-ministro, o problema não está na distribuição nem na falta de recursos humanos para administrar a vacina, estando sim “fora de Portugal”.

Deixa o teu comentário