Braga, sexta-feira

Póvoa de Lanhoso inaugura memorial aos combatentes Povoenses falecidos no ultramar

Regional

04 Junho 2021

Redação

O obelisco, de forma prismática, é uma obra do escultor povoense Armando Rodrigues e conterá o nome, freguesia de nascimento, local e data da morte em combate de cada um desses 24 heróis povoenses.

Um memorial para perpetuar a memória dos 24 combatentes que foram mortos na guerra de África, nascidos no concelho da Póvoa de Lanhoso, vai ser inaugurado no próximo dia 10 de junho, na zona do Pontido, na Vila Povoense.


Este monumento poderá ser visitado depois das 10h30.


O obelisco, de forma prismática, é uma obra do escultor povoense Armando Rodrigues e conterá o nome, freguesia de nascimento, local e data da morte em combate de cada um desses 24 heróis povoenses.


A ideia deste memorial teve a sua génese nos encontros anuais dos antigos combatentes do concelho. Foi, então, constituída uma Comissão com a finalidade de expor a ideia ao atual Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Avelino Silva, e, se aceite, solicitar os apoios necessários, quer técnicos, quer económicos para a respetiva efetivação.


Da reunião realizada, saiu o compromisso de apoio por parte da Câmara Municipal para a concretização deste desejo.


Desta forma, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e os antigos combatentes do concelho desejam contar com a presença, na cerimónia de inauguração, não apenas dos Povoenses, mas também de antigos combatentes de outros concelhos. Embora o local seja espaçoso, se trate de uma cerimónia ao ar livre e as restrições sejam, atualmente, as mais suaves, é necessário, no entanto, ter em atenção e cumprir as recomendações que, à data, vigorem no concelho sobre o combate à pandemia.

Deixa o teu comentário