Braga, sábado

Prado pode vir a acolher centro de vacinação Covid-19

Regional

09 Fevereiro 2021

Redação

Município elaborou medidas de apoio aos sectores da restauração e bebidas e aos alunos de famílias carenciadas do concelho, devido à pandemia.

Câmara Municipal de Vila Verde está disponível para apoiar a instalação de um Centro de Vacinação Covid-19, por parte do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Gerês - Cabreira, junto à Unidade de Saúde Familiar da Vila de Prado. Além do apoio logístico, o município encarrega-se também do transporte dos utentes elegíveis nesta fase do Plano de Vacinação, que não disponham de condições para se deslocarem até ao Centro de Vacinação, bem como a aquisição de testes rápidos para responder a eventuais surtos de Covid-19.

A autarquia vilaverdense aprovou ainda várias medidas de apoio a empresas afectadas pela pandemia, especialmente para a restauração. Essas medidas passam pela isenção a 100 por cento nas tarifas fixas e variáveis de água, saneamento e resíduos para os estabelecimentos cuja média de consumos não exceda os 50 por cento do consumo médio mensal aferido do ano 2019, a aplicar nos meses de Março, Abril e Maio de 2021.

As escolas terão direito a computadores e placas de internet móvel para que os alunos possam assistir às aulas à distância. O município garante ainda a alimentação dos alunos dos escalões A e B e o transporte dos alunos que frequentem o ensino especial, os centros de apoio à aprendizagem e os centros de recursos para a inclusão.

O autarca vilaverdense, António Vilela, garantiu que “o município de Vila Verde vai continuar a fazer tudo o que estiver ao seu alcance para prestar o máximo de apoio possível às pessoas, às instituições e às empresas, no sentido de ajudar a minorar o impacto desta terrível crise sanitária que está também a gerar enormes problemas económicos e a acentuar as desigualdades sociais.

António Vilela reconheceu que “é fundamental reconhecer o trabalho incansável das autoridades e dos profissionais de saúde, a perseverança e o empenho das escolas, tendo em vista a prestação de serviços educativos e apoios de elevada qualidade aos seus alunos e às respectivas famílias e sublinhar a resiliência do sector empresarial, na certeza de que todos estes esforços estão a ser decisivos para acalentar a esperança no regresso, tão brevemente quanto possível, a uma certa normalidade na vida de todas as pessoas”.

Deixa o teu comentário