Braga, sábado

Praia fluvial de Merelim São Paio: a pérola que promete brilhar em ano atípico

Regional

03 Julho 2020

Redação

É um dos locais mais aprazíveis do concelho, dotado de infraestruturas que convidam a desfrutar da natureza. O Covid -19 impôs restrições na sua utilização, mas o edil local diz que só responsabilidade civil pode ditar uma época estival em alta.

Beleza paisagística com a Ponte de Prado como pano de fundo, espaços amplos e requalificados, praia acessível a todos. Não faltam adjectivos para qualificar a Praia Fluvial de Merelim São? Paio um dos locais mais aprazíveis do concelho, sobretudo em época estival, que promete não perder o seu brilho mesmo em tempos de contingência.

Para acolher os veraneantes, o edil local adoptou um conjunto de medidas de segurança para salvaguardar a saúde de todos quantos por ali pretenderem passar este Verão. Além da criação de circuitos de entrada e saída, foram colocados pontos com gel desinfectante para as mãos e um registo de limpeza e desinfecção das casas de banho.

A praia terá este ano uma capacidade máxima de 800 pessoas.

Tudo foi pensado para que quem pretender usufruir do espaço o faça em total segurança.

O parque arborizado situado junto à praia com churrasqueiras e mesas para piquenicar assim como equipamentos de fitness - outro dos atractivos deste local junto ao Rio Cávado, sofreu também algumas alterações este ano. “As churrasqueiras não estavam nas melhores condições e foram retiradas para evitar também ajuntamentos”, revela o presidente da União de Freguesias de Merelim São Paio, Panóias e Parada de Tibães, assegurando que serão criadas alternativas “mais agradáveis” quando as restrições foram levantadas.

O parque infantil, outro dos pontos de interesse desta praia fluvial, foi este ano retirado por decisão do município de Braga que deu cumprimento à interdição a que estes equipamentos foram sujeitos, mas será reposto, totalmente renovado, logo que essa interdição seja levantada.

Apesar das restrições, o presidente da união de freguesias afiança que não faltam motivos para visitar e usufruir desta pérola situada na margem esquerda do Cávado.

“O rio é naquela zona bastante baixo, propício para as crianças, algo que há alguns anos atrás não acontecia”, diz Carmindo Soares.

A colocação dos passadiços em madeira, que substituiu em 2018 a rampa em cimento, “possibilitou uma entrada muito mais adequada e segura na água”.

O parque de merendas, contiguo à praia, convida a estar em família ou entre amigos praticamente durante todo o dia, aproveitando também as sombras proporcionadas pelas árvores que convidam a um almoço/piquenique.

Os que quiserem tirar mais proveito do sol podem usufruir da praia fluvial que dispõe ainda de uma bar e casas de banho como estruturas de apoio.

“Os interessados podem ainda utilizar a ecopista para um passeio ou uma caminhada”, diz ainda o autarca local, dando conta que é um espaço polivalente, que vai ao encontro do gosto de vários públicos e que convida a uma jornada bem passada, usufruindo da natureza no seu estado puro.

“Podemos encontrar várias valências num espaço só. Podemos fazer um piquenique ou um convívio e usufruir também da praia fluvial”, continua Carmindo Soares.

Para segurança de todos, a praia é vigiada por nadadores-salvadores.

Construção de um bar novo deverá garantir a abertura do espaço durante todo o ano

Tornar a Praia Fluvial de Merelim São Paio num local mais atractivo e com melhores infraestruturas de apoio aos utentes é uma ambição que o executivo local tem alimentado. Nesse sentido, a construção de um bar novo é um dos objectivos traçados já para o final da actual época balnear, altura em que deverão arrancar as obras. “O actual bar é muito precário, muito limitativo”, avança Carmindo Soares, adiantando que há já um projecto do município para a construção de um edifício de raiz.

“A nossa ambição é que este espaço esteja em funcionamento durante todo o ano, se possível com uma esplanada fechada”, avança o autarca de Merelim São Paio, Panoias e Parada de Tibães.

Juntamente com o bar, Carmindo Soares pretendem que também que o Parque Infantil, que será reposto, esteja acessível fora da época balnear aos cidadãos. “Desde que nasceu a nossa ecopista verificamos que é frequentada durante o ano todo não só por pessoas da freguesia como de fora. Há quem estacione na praia fluvial e vá dar a sua caminhada, até com crianças, e se pudéssemos ter um bar de apoio, que inclua também casas de banho, tanto melhor”, diz.

Outro ponto de intervenção será no Parque de Merendas, através da ligação da ecopista que actualmente passa pelo seu interior em direcção à Ponte de Prado, assim como melhoramentos ao nível das mesas e das churrasqueiras que se encontravam degradadas. O Parque de Estacionamento também será ampliado através da aquisição de um terreno junto ao actual, negócio que está já consumado

Bandeira Azul é um sonho num horizonte ainda longínquo

Apesar de ser para já difícil de concretizar, a obtenção da Bandeira Azul é um sonho que o executivo de Merelim São Paio, Panóias e Parada de Tibães ainda alimenta.

A bandeira azul é uma distinção atribuída anualmente pela Fundação para a Educação Ambiental a praias e marinas que cumpram um conjunto de requisitos de qualidade ambiental, segurança, bem-estar, infraestruturas de apoio, informação aos utentes e sensibilização ambiental.

A qualidade da água é, actualmente, o único factor que poderá condicionar a obtenção deste galardão.

A qualidade da água do Rio?Cávado tem sido inquestionável, mas, neste caso, a influência do Rio Homem, um afluente do Rio Cávado, tem ditado, em algumas ocasiões, parâmetros menos aceitáveis.
A praia fluvial esteve interdita a banhos em 2018 por causa dos resultados das análises menos positivos na época de 2017. “A partir daí não tivemos mais nenhum problema. Ocasionalmente temos situações de alerta, mas nada de grave e procuramos saber de imediato a origem do problema. Felizmente, nestes últimos dois anos não tem acontecido”, diz o autarca da união de freguesias.

Carmindo Soares explica que na altura em que a praia esteve interdita a junta interpôs queixas por descargas no Rio Homem que eram feitas de forma permanente. “Levamos o SEPNA- Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente ao local e comunicamos ao Município de Braga que estávamos a sentir as consequências daquelas descargas. Houve um diálogo entre os Municípios de Braga, Vila Verde e Amares, sendo que as descargas seriam feitas neste último, afectando os restantes através do Rio Homem”, explica o autarca, adiantando que graças ao entendimento entre municípios o problema melhorou, embora não esteja totalmente resolvido. “As Praias de Merelim São Paio e do Faial ficam um pouco condicionadas enquanto não forem resolvidas totalmente as descargas no Rio Homem”, continua o autarca.

“A obtenção da Bandeira Azul vai obrigar a muito trabalho da câmara de Braga em conjunto com autarquias de Vila Verde e Amares”, conclui.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho