Braga, segunda-feira

Prémio de Literatura dst faz 25 anos e sobe para 25 mil euros

Regional

11 Fevereiro 2020

Redação

O Grande Prémio de Literatura dst será, este ano, de 25 mil euros, para comemorar as bodas de prata do galardão atribuído por aquele grupo empresarial de Braga, foi hoje anunciado.

O Grande Prémio de Literatura dst será, este ano, de 25 mil euros, para comemorar as “bodas de prata” do galardão atribuído por aquele grupo empresarial de Braga, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o grupo refere que para a edição do prémio de 2020 se podem candidatar obras em poesia, que terão de ser entregues até 01 de março.

As obras têm de ser de autores portugueses nascidos e residentes em território nacional e publicadas em 2018 ou 2019.

O prémio distingue a literatura nacional, sendo alternadamente dedicado à poesia e à prosa.

O júri será presidido pelo professor e escritor Vítor Manuel de Aguiar e Silva, da Universidade de Coimbra, integrando ainda o presidente da Associação Portuguesa de Escritores, José Manuel Mendes, e o professor e escritor Carlos Mendes de Sousa, da Universidade do Minho.

As cinco obras finalistas serão selecionadas até 01 de maio e o prémio será entregue no dia 03 de julho, numa cerimónia a decorrer no Theatro Circo, no âmbito da programação da Feira do Livro de Braga.

O Grande Prémio de Literatura dst nasceu com o objetivo de premiar obras originais, em dois géneros literários, escritas em português por autores portugueses, contribuindo assim para a promoção e valorização das literaturas de língua portuguesa.

Ao longo de 25 anos, o prémio, no valor de 15 mil euros, cresceu em número de participantes.

Nos últimos cinco anos, foi atribuído a autores como Luísa Costa Gomes, Manuel Alegre, Mário Cláudio, Daniel Jonas e Lídia Jorge.

Deixa o teu comentário