Braga, sábado

Presidente da Câmara de Viana apela à cidadania face a 'situação muito grave'

Regional

19 Janeiro 2021

Redação

O presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa, apelou hoje "à cidadania" de toda a população do concelho face ao "acréscimo muito elevado" do número de infeções pelo vírus SARS-CoV-2.

O presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa, apelou hoje "à cidadania" de toda a população do concelho face ao "acréscimo muito elevado" do número de infeções pelo vírus SARS-CoV-2.

"A situação é muito grave, muito difícil. Sejam um verdadeiro agente de saúde pública, cumprindo as regras e ajudando os outros a cumprir, informando e aconselhando", apelou o autarca socialista.

"Cumpra o confinamento. Saia de casa apenas nas alturas e nos momentos que forem estritamente necessários, para as tarefas que sejam mesmo necessárias", reforçou José Maria Costa.

O socialista insistiu na "necessidade de que todos colaborem, para que todos os concidadãos possam ter acesso à saúde, seja para combater a pandemia ou para outros cuidados de saúde".

"Este é um momento difícil, mas estou certo que os vianenses, mais uma vez, vão dar um contributo importante para conseguirmos controlar esta pandemia", disse.

"Para conseguirmos que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e os seus profissionais, que estão há meses insistentemente a cuidar de nós em condições muito difíceis, possam fazer o seu trabalho e possam cuidar de todos aqueles que necessitam de cuidados de saúde", reforçou José Maria Costa que é também presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, que agrega os 10 concelhos do distrito de Viana do Castelo.

De acordo com o relatório da Administração Regional de Saúde do Norte, que tinha dados até 11 de janeiro, os concelhos de Arcos de Valdevez, Caminha, Ponte da Barca e Vila Nova de Cerveira, no distrito de Viana do Castelo, registavam uma taxa de incidência superior a 960 novos casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

Paralelamente, cinco concelhos do distrito de Viana do Castelo registavam uma taxa de incidência superior a 480 novos casos por 100 mil habitantes.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.041.289 mortos resultantes de mais de 95,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.246 pessoas dos 566.958 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Deixa o teu comentário