Braga, quinta-feira

Primeira edição do estágio da Jovem Orquestra de Famalicão reúne 70 participantes

Diversos

27 Agosto 2019

Lusa

A primeira edição do estágio JOF - Jovem Orquestra de Famalicão, a decorrer entre 02 e 07 de setembro, vai reunir 70 participantes, naturais ou residentes daquele concelho, com formação pré-universitária nas escolas famalicenses, anunciou hoje a autarquia.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, que organiza o evento, explica que o resultado final do estágio vai ser "apreciado pelo público" no dia 06 de setembro, pelas 21:30, na Igreja de Delães, e no dia 07 de setembro, pelas 21:30, na 36.ª Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão, no antigo campo da feira da cidade.
 

"O estágio procura potenciar características únicas do território de Vila Nova de Famalicão, nomeadamente a existência de um forte e dinâmico ecossistema cultural associado ao ensino artístico especializado e ao ensino profissional de música, composto pelo CCM - Centro de Cultura Musical e ArtEduca - Conservatório", lê-se.
 

A iniciativa, aponta o texto, tem a direção artística do maestro famalicense José Eduardo Gomes e "o mérito de reunir e valorizar um grupo de jovens formativamente ligados ao concelho promovendo o diálogo intercultural entre Famalicão e a sua diáspora, estabelecendo pontes entre o ensino artístico proporcionado na região e o ensino superior e, simultaneamente, sensibilizando a comunidade famalicense para a música clássica, em particular para o repertório orquestral".
 

A autarquia aponta ainda uma "agradável surpresa" cm o número de inscrições, aque atingiu os 119 inscritos divididas pelos instrumentos de cordas (violinos, violas, violoncelos, contrabaixos e harpa), sopro (flautas, oboés, clarinetes, fagotes, trompas, trompetes, trombones tenor, trombone baixo e tuba) e instrumentos de percussão.
 

"Muitas das candidaturas chegaram mesmo de fora de Portugal, com a presença de artistas de renomadas instituições de Ensino Superior da Alemanha, Suíça, Países Baixos e Reino Unido", salienta o texto.
 

José Eduardo Gomes é atualmente maestro titular da Orquestra Clássica do Centro, Orquestra Clássica da FEUP - Faculdade de Engenharia da Faculdade do Porto e do Coro do Círculo Portuense de Ópera.
 

Recentemente foi laureado com o 2.º Prémio no Concurso Prémio Jovens Músicos, na categoria de Direção de Orquestra, tendo obtido igualmente o Prémio da Orquestra.

Deixa o teu comentário