Braga, sábado

PSD e movimento independente selam candidatura conjunta em Barcelos

Regional

13 Abril 2021

Lusa

O movimento independente Barcelos Terra do Futuro (BTF) anunciou hoje que chegou a um acordo de princípio com o PSD para a apresentação de listas conjuntas a todos os órgãos autárquicos do concelho.

Em comunicado, o BTF acrescenta que “muito brevemente” serão tornados públicos todos os detalhes formais e políticos do acordo.
 

O BTF refere que, no final da semana passada, reuniu com o candidato do PSD, Mário Constantino Lopes, “para uma primeira abordagem formal e exploratória para a apresentação de listas conjuntas a todos os órgãos autárquicos do concelho de Barcelos”.
 

“Na prossecução das vontades manifestadas, foi possível alcançar um acordo de princípio sobre esta matéria, com o PSD e o BTF”, sublinha.
 

Diz ainda que, nas últimas semanas, tem mantido contactos com dirigentes de outras forças políticas, para aprofundar “as reais manifestações de disponibilidade do BTF na eventual apresentação de listas a todos os órgãos autárquicos no concelho de Barcelos”, no distrito de Braga.
 

“Esta abordagem teve maior intervenção com particular interesse de dirigentes nacionais do PSD e de dirigentes locais do CDS/PP, não esquecendo, também, contactos de dirigentes do PS”, acrescenta.
 

Nas últimas autárquicas, o BTF, liderado pelo ex-socialista e ex-vice-presidente da Câmara Domingos Pereira, conquistou dois lugares na vereação.
 

A coligação PSD/CDS obteve quatro mandatos.
 

O PS, que ganhou as eleições, elegeu cinco elementos.
 

No último mandato, Domingos Pereira foi vice-presidente da Câmara, mas entretanto o presidente, Miguel Costa Gomes, retirou-lhe a confiança política e todos os pelouros que detinha.
 

Domingos Pereira fundou o BTF, movimento por que concorreu em 2017.
 

Nas eleições deste ano, Miguel Costa Gomes não se pode recandidatar, devido à lei de limitação de mandatos, tendo o Secretariado socialista indicado o nome de Horácio Barra, atual presidente da Assembleia Municipal, mas o partido ainda não anunciou publicamente o candidato.
 

O Chega já anunciou a candidatura de Agostinho Mota.
 

Segundo a lei, as autárquicas decorrem entre setembro e outubro, mas as eleições ainda não têm data marcada.

Deixa o teu comentário