Braga, terça-feira

'Quem é que não gostaria de jogar na série A'

Desporto

13 Fevereiro 2021

Miguel Machado

Matheus, guarda-redes do SC Braga, assume fascínio de jogar no campeonato italiano em entrevista concedida ao Corriere dello Sport, de Itália.

A aproximação da eliminatória europeia com a Roma, para os 16 avos-de-final da Liga Europa - já na próxima semana - aguçou nos últimos dias a curiosidade da imprensa italiana sobre a equipa do SC Braga, clube também já treinado por Paulo Fonseca e onde fez história conquistando um troféu: a segunda Taça de Portugal do historial arsenalista. O guarda-redes Matheus foi suplente de Marafona nessa final no Jamor, em 2016, mas “não guarda mágoa” ao agora treinador da Roma, confessou em entrevista ao ‘Corriere dello Sport’. O guardião dos Guerreiros, de 28 anos, que cumpre a sétima época em Braga fez ainda um piscar de olhos a uma eventual transferência para Itália.

“Quem não gostaria de jogar na série A? E ainda por cima a minha esposa adora a língua italiana. Nunca se pode dizer nunca” disse o guardião do SC Braga, naturalizado português.

Entre vários temas abordados, Matheus deixou ainda o aviso aos italianos de que os Guerreiros acreditam que podem passar a eliminatória: “Vamos tentar passar porque essa é a nossa mentalidade.

Respeitamos o nosso adversário mas confiamos nas nossas qualidades, na nossa força”, referiu.

Guarda-redes do SC Braga deixou, no entanto, elogios aos italianos de Paulo Fonseca, e mostra-se preparado para parar o forte ataque da Roma.

“Estou habituado a estudar detalhadamente todos os adversários através de imagens vídeo. Farei isso com Dzeko, mas também com Mkhitaryan, Mayoral e todos os outros”, disse.

Deixa o teu comentário