Braga, sexta-feira

Rede de transportes intermunicipais é um dos grandes objetivos da CIM Cávado

Regional

21 Junho 2021

Fábio Moreira Fábio Moreira

Rafael Amorim, secretário executivo da CIM Cávado, defende que rede de transportes intermunicipais é um dos fatores capazes de impulsionar não só a cidade de Braga, mas todos os concelhos adjacentes abrangidos pela CIM Cávado.

O secretário executivo da CIM Cávado, Rafael Amorim, foi o mais recente convidado do programa ‘Da Europa para o Minho’ da rádio Antena Minho, onde os grandes objectivos dessa comunidade intermunicipal foram debatidos com o convidado.


Para Rafael Amorim, o grande impulsionamento da região abrangida pela CIM Cávado (Braga, Barcelos, Amares, Vila Verde, Esposende e Terras de Bouro) reside no investimento numa rede intermunicipal de transportes. “É necessário haver um investimento para a criação de uma rede de transportes intermunicipal que seja capaz de oferecer possibilidades de trajectos mais simples, eficazes e pontuais e é igualmente importante que esta rede intermunicipal seja capaz de ser integrada nos transportes já existentes, oferecendo assim dinamismo, modernidade e mobilidade a toda a região da CIM Cávado”, explicou Rafael Amorim.


O secretário executivo ainda aproveitou para relembrar que este grande projecto que a CIM Cávado tem em mente “já foi iniciado no ano passado sob o valor de cinco milhões de euros” e que falta aguardar pela remessa da documentação. Contudo, Rafael Amorim relembrou que estes processos são demorados e longos. O secretário executivo ainda aproveitou para relembrar que um projecto tão grande como este implica um diálogo constante com outras CIM’s. “Qualquer alteração que seja feita à rede de transportes na região do Cávado tem de ter sempre em mente a região do Ave. Com a criação desta rede intermunicipal, o objectivo não é prejudicar a região do Ave e, para tal, é necessário existir um constante diálogo entre as comunidades intermunicipais para que os projectos de uns não afectem outros”, explicou Rafael Amorim.

Deixa o teu comentário