Braga, quarta-feira

Ricardo Rio: Sensibilização ambiental tem sido absolutamente prioritária

Regional

08 Janeiro 2020

Redação

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, entregou, ontem, os prémios aos vencedores do Concurso Eco-Natal, assumindo a sensibilização ambiental como uma prioridade para o Município.

Os trabalhos alusivos ao Natal elaborados com materiais reciclados da EB1 de Real, da EB 2,3 de Celeirós e da Casa do Povo de S. Pedro d’Este foram, ontem, galardoados pelo Município de Braga, com o primeiro prémio no âmbito do concurso Eco-Natal 2019, comprovando que os bracarenses têm cada vez mais uma consciência ecológica. Foi o próprio presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, que fez questão de entregar os prémios, garantindo que para o Município, a sensibilização ambiental tem sido “absolutamente prioritária”.

Destacando o trabalho importante que o pelouro do Ambiente, sob a alçada do vereador Altino Bessa, tem levado a cabo, pela interacção que tem conseguido a este nível junto de escolas, instituições e empresas, o autarca bracarense chamou a atenção para a importância de todos terem práticas sustentáveis no seu dia-a-dia.

“Esta iniciativa do Eco-Natal é-nos muito cara porque se em todo o ano é muito importante termos sempre esta preocupação com a sensibilização ambiental, no Natal isso ainda é mais relevante porque é uma época de maior consumo e de maior produção de resíduos e este estímulo à reciclagem e à reutilização de materiais é ainda mais pertinente”, frisou o edil Ricardo Rio.

Parabenizando os vencedores nesta edição do Concurso Eco-Natal e desejando-lhes um bom ano com a consciência pro-ambiental adquirida, o presidente da Câmara de Braga afirmou que os trabalhos apresentados expressam bem o princípio da sustentabilidade, além de serem também um exercício de grande criatividade e de grande qualidade - o que, a seu ver, justifica a sua presença no coração da cidade, em frente e dentro do Posto de Turismo de Braga, no sentido de que possam ser apreciados pelo maior número de pessoas possível.

Ao todo foram 26 os trabalhos apresentados a concurso, provenientes de 25 instituições bracarenses, envolvendo um total de 1200 pessoas, entre alunos, docentes e auxiliares, indicou o vereador Altino Bessa, sublinhando que além do embelezamento do centro da cidade de Braga e da questão iminentemente educativa, os trabalhos realizados servem, sobretudo, de sensibilização para que todos os cidadãos adoptem cada vez mais práticas sustentáveis na sua vida quotidiana.

Neste Concurso Eco-Natal 2019 foram premiados os trabalhos ecológicos das seguintes instituições:

1.º Ciclo
EB1 de Real (1.º e 3.º Prémio)
EB1 do Bairro da Misericórdia (2.º)

2.º Ciclo
EB 2,3 de Celeirós (1.º)
EB 2,3 de Nogueira (2.º e 3.º)

ATL
Casa do Povo de S. Pedro d’Este (1.º)
Centro Social e Paroquial de Sobreposta (2.º)
Patronato de N. Sra. da Luz (3.º)

*Certificado à EB1 e JI de Garapôa

Deixa o teu comentário