Braga, segunda-feira

Ricardo Soares diz que Gil Vicente 'em crescendo' quer vencer Belenenses SAD

Desporto

02 Janeiro 2021

Redação

O treinador Ricardo Soares disse hoje esperar um jogo difícil na receção ao Belenenses SAD, na segunda-feira, da 12.ª jornada da I Liga de futebol, mas frisou a ambição de vencer de um Gil Vicente "em crescendo".

O treinador Ricardo Soares disse hoje esperar um jogo difícil na receção ao Belenenses SAD, na segunda-feira, da 12.ª jornada da I Liga de futebol, mas frisou a ambição de vencer de um Gil Vicente "em crescendo".

O Belenenses SAD tem o pior ataque do campeonato, a par com o Rio Ave, com seis golos marcados, mas a segunda melhor defesa, com nove golos sofridos, apenas mais um que a menos batida da I Liga (Sporting).

Para Ricardo Soares, contudo, "este Belenenses SAD é muito mais que os números" e disse esperar "certamente um jogo difícil".

"Defende com muita qualidade, com uma linha de cinco, com dois pivots e três homens na frente. Consegue um equilíbrio na eficácia a defender e na capacidade a atacar. Os números não demonstram isso, mas tem criado oportunidades que não está a concretizar, mas isso às vezes são ciclos que podem ser invertidos num jogo ou dois", disse na conferência de imprensa de antevisão.

O técnico lembrou ainda o recente triunfo do adversário sobre o "grande Braga" (2-1) e que o Belenenses SAD "dividiu o jogo com o Sporting com muita qualidade" (derrota por 2-1), na última ronda.

Contudo, frisou que o Gil Vicente está "em crescendo e cada vez mais forte" e garantiu uma equipa gilista para vencer.

Com Ricardo Soares no comando técnico, o Gil Vicente registou duas vitórias, a última das quais em Famalicão (1-0), na última jornada, um empate e uma derrota (com o Benfica), no campeonato, e passou duas eliminatórias na Taça de Portugal.

No balanço de cerca de um mês e meio à frente da equipa, o treinador notou apenas que considera que "o plantel tem capacidade para fazer mais e melhor".

Para 2021, Ricardo Soares deseja "concretizar os objetivos estabelecidos pelo clube" e revelou ter outros mais pessoais "dentro desses", a "nível dos jogadores, da classificação da equipa e também na Taça de Portugal", mas não quis especificá-los.

Sobre a reabertura do mercado em janeiro e a possibilidade de reforçar a equipa, notou que "este é um mês difícil para os jogadores, há sempre alguma ansiedade para uma possível transferência ou dispensa".

"Estamos muito contentes com todos os jogadores, acreditamos muito neles, no trabalho diário e no compromisso deles. Não estou a pensar em nada, a não ser em como melhorar a equipa e levá-la para um patamar de performance muito superior, [porque] a equipa tem muita margem para crescer", reforçou.

Gil Vicente, 11.º classificado, com 12 pontos, e Belenenses SAD, 14.º, com 11, defrontam-se a partir das 19:00 de segunda-feira, no Estádio Cidade de Barcelos, jogo que será arbitrado por Hugo Silva, da associação de Santarém.

Deixa o teu comentário