Braga, sexta-feira

Rodellus: cinco anos a podar boa música e boas práticas ambientais

Diversos

18 Julho 2019

Redação

A organização espera cerca de cinco mil pessoas. O Rodellus volta a instalar-se na freguesia de Ruílhe, com nomes no cartaz como Brutus, Mars Red Sky, Solar Corona, Paraguaii, Bee Bee Sea, Cosmic Mass, entre outros.

A 5.ª edição do Rodellus começa hoje com três dias de boa música na Quinta da Vila, situada bem no centro de Ruilhe, junto ao Externato Infante D. Henrique, à junta de freguesia e à igreja.
 

“São cinco a anos a podar” um festival que começa a dar frutos maduros que conseguiu colocar estas freguesias limítrofes do concelho de Braga no mapa dos festivais de Verão.
 

A apresentação decorreu ontem no bucólico cenário da Quinta da Vila onde vai decorrer o festival de música que se destina “a quem não tem medo do campo”, algo que tem vindo a ganhar força, tornando-se como uma imagem de marca do próprio festival.
 

Na apresentação da quinta edição, Jorge Dias, da organização do Rodellus, dá nota que o “festival não se limita a Ruílhe, também se alarga a Cunha que acolhe a festa de recepção ao campista. É um sinal claro que este movimento cultural e esta força pode alargar-se a outras freguesias periféricas e o objectivo principal do Rodellus é descentralizar a cultura e provar que esta pode acontecer em qualquer local”.
 

A preocupação ambiental é um dos vectores fundamentais deste festival que foi distinguido no Iberian Festival Awards na categoria de ‘Melhor Festival de Pequena Dimensão e Contributo para a Sustentabilidade’ e também foi reconhecido pelo Fundo Ambiental no âmbito do programa ‘Sê-lo Verde’. Neste âmbito, Jorge Dias explica que “irão ser adoptadas uma série de medidas no recinto, sendo que uma delas é a introdução dos eco copos” que, segundo Jorge Dias “deve ser, cada vez mais, uma obrigação de todos nós preservar o ambiente e a natureza”.


O responsável pela organização do festival chama ainda a atenção para a horta que “representa um importante contributo para a reposição orgânica e com os seus frutos conseguimos apoiar causas sociais”, dando nota que “o ano passado conseguimos amealhar 350 quilos de produtos que foram distribuídos por várias IPSS´s e famílias carenciadas”.
 

O presidente da câmara de Braga, Ricardo Rio, assinalou a “valia” deste projecto em várias dimensões. “Não se trata apenas de mais um festival, foi sempre um festival que apostou na diferenciação e num enquadramento do ponto de vista da sustentabilidade e da mobilização do seu público-alvo diferente de outros que nós acolhemos também na cidade de Braga”, enfatizando que “o Rodellus se transformou ao longo deste cinco anos num projecto de dinamização cultural e associativa de todo um território”.
 

Como sinal de reconhecimento do projecto, Ricardo Rio anunciou que o “Rodellus poderá ser um dos beneficiários das duas barracas de bebidas na Noite Branca que nós atribuímos para apoiar as entidades com causas meritórias na sociedade”.
 

Com quatro palcos e mais de 22 nomes, alguns deles internacionais e com estreia em Portugal como é o caso de Brutus.
 

18 Julho
Eduardo Morais
Cosmic Mass
Sun Blossoms
Palmers
Unsafe Space Garden

19 Julho
Gin Party Soundsystem
Bee Bee Sea
Solar Corona
FAVX
Mars Red Sky
Mr Mojo
Headliner Dj set
Doutor Assério
Democrash

20 de Julho
Candy Diaz
Paraguaii
QUADRA
Brutus
GoBabyGo
Gator, The Alligator
Travo
Headliner Dj set
Fuzzil
Jepards