Braga, quinta-feira

Rui Almeida promete Gil Vicente nos limites para superar Sporting

Desporto

27 Outubro 2020

Lusa

Rui Almeida, treinador do Gil Vicente, prometeu hoje uma equipa a jogar "nos limites" para tentar "ter sucesso" no duelo frente ao Sporting, na quarta-feira, numa partida em atraso da primeira jornada da I Liga portuguesa de futebol.

"Vamos jogar contra um candidato ao título e para trazermos pontos deste jogo temos de ser competitivos, estar concentrados e jogar nos nossos limites. Só assim é que poderemos ter sucesso", disse o técnico do conjunto barcelense.
 

Apesar de no sábado a equipa ter perdido frente ao FC Porto, por 1-0, também para a I Liga, o técnico dos ‘galos' gostou da atitude da equipa em vários momentos desse desafio, pretendendo replicar "as coisas boas" na deslocação a Alvalade.
 

"Sabemos a força do Sporting, mas queremos estar concentrados em nós, tal como fizemos no [estádio do] Dragão. Conseguimos jogar e criar oportunidades, mas, infelizmente, não fomos felizes na eficácia. Vamos tentar corrigir neste jogo, tentar impor o nosso futebol e, nos momentos que tivermos de defender, fazê-lo bem", perspetivou o técnico gilista.
 

Mesmo com o histórico de confrontos entre dos dois clubes a pender para o lado dos ‘leões', Rui Almeida não tem dúvidas em afirmar que "os jogadores do Gil Vicente e do Sporting sabem que quando começar o jogo as camisolas não contam", vincando que será mais importante "o empenhamento, concentração e toda a parte estratégica”.
 

"O Sporting vai tentar impor o seu jogo, nós também o tentaremos fazer. É nesse equilíbrio que temos de estar concentrados. É um adversário forte, que respeitamos, mas em momento algum vamos fugir da nossa forma de jogar", vincou.
 

Rui Almeida lembrou que "nenhum treinador diz que vai lutar pelo empate" e prometeu uma equipa "competente, competitiva e a lutar pelos três pontos", desvalorizando o facto de, no espaço de uma semana, ter duelos com o FC Porto, Sporting e Vitória de Guimarães, todos para o campeonato.
 

"Adoro semanas de três jogos e os jogadores também gostam. Claro que há um desgaste físico e até mental, mas estamos a precisar de competição", observou Rui Almeida.
 

O técnico assumiu, por fim, que gostaria de melhorar os níveis de eficácia da equipa, que apontou apenas dois golos em quatro jogos, mas garantiu que tal "não é uma preocupação".
 

"Tivemos cerca de 15/16 ocasiões e só marcámos dois golos, temos de aumentar a eficácia à frente da baliza. Temos de decidir com clareza nos momentos em que tivermos oportunidades, mas isso faz parte do crescimento da equipa. Não me preocupa", assinalou.
 

Para este jogo em atraso da primeira jornada do campeonato, que não se realizou em 19 de setembro devido a casos de covid-19 nas duas equipas, os barcelenses não podem contar com o defesa Henrique, que ainda recupera de lesão, e o avançado Baraye, que à data inicial do jogo ainda não estava inscrito na equipa.
 

O Gil Vicente, 12.º classificado, com cinco pontos, desloca-se na quarta-feira ao estádio de Alvalade, para defrontar o Sporting, terceiro, com 10, numa partida que terá arbitragem de André Narciso, da Associação de Futebol de Setúbal.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho