SC Braga denuncia: Rui Costa e Luisão foram atrás dos árbitros ao intervalo

Desporto

23 Março 2021

Miguel Machado Miguel Machado

Guerreiros do Minho não calam a revolta após a derrota polémica com o Benfica, na 24.ª jornada, que fez os dois clubes trocar de posição na tabela na luta pela Liga dos Campeões. Clube da Luz também reagiu na sua newsletter mas já levou resposta.

Depois do “grito de revolta” do presidente do SC Braga no final do jogo de domingo no Estádio Municipal, com criticas à arbitragem de João Pinheiro pela expulsão polémica do médio Fransérgio, aos 39 minutos da pri- meira parte, o Benfica reagiu ontem na sua newsletter acusando os Guerreiros de “pressões exercidas” e “fraca memória” que “só podem ser entendidas à luz da desilusão do resultado”.

Entre as considerações feitas, o Benfica referiu que os responsáveis bracarenses “tiveram dificuldade em aceitar a realidade com que se depararam: um adversário superior em todos os aspectos.”

Indo mais longe nas criticas, o Benfica escreveu ainda: “As pressões exercidas pelo Braga, quer no intervalo, quer no final da partida (presenciadas pelas mais diversas autoridades), só podem ser entendidas à luz da desilusão do resultado. E também próprias de quem tem fraca memória e já não se recorda, por isso, do que aconteceu na jornada anterior”, referindo-se à partida do SC Braga com o FC Famalicão, da 23.ªjornada.

A resposta do SC Braga não tardou com uma publicação corrosiva nas redes sociais, feita por Alexandre Carvalho, director de comunicação do clube.

“Pode ler-se na newsletter do Benfica: “o triunfo em Braga - justo, categórico, cristalino, indiscutível”. Bem o Benfica, a colocar à disposição de todos os interessados uma espécie de ‘código de conduta’, não vá alguém, sei lá, ter a ideia maluca de dizer... a verdade. Na mesma publicação fala-se, ainda, em “pressões exercidas pelo Braga”. Será esta uma referência ao momento em que Rui Costa e Luisão foram atrás da equipa de arbitragem ao intervalo, utilizando, indevidamente, as escadas de acesso ao balneário do Braga?”, questionou Alexandre Carvalho, no Twitter.

Recorde-se que após o jogo de domingo, que o Benfica venceu por 2-0 ultrapassando o SC Braga na classificação da I Liga, António Salvador foi à sala de imprensa do Estádio Municipal revoltado com as incidências da arbitragem de João Pinheiro. “Percebo que estava muita coisa em jogo, com muitos interesses. Sei que é muito milhão que está em jogo, mas é preciso que dentro do campo haja direito de igualdade nos critérios”, disse na altura o presidente arsenalista.

Deixa o teu comentário