Braga, sexta-feira

Sequeira corre para o Benfica e com uma motivação extra

Desporto

18 Março 2021

Ricardo Anselmo

Lateral-esquerdo faz parte do onze do século e está a evoluir de forma positiva dos problemas físicos que o afastaram de Famalicão, acalentando esperanças de ir a jogo com os encarnados.

O nome de Nuno Sequeira também ficará inscrito para a eternidade no onze do século do SC Braga. Os adeptos votaram e elegeram o atleta de 30 anos para fechar o lado esquerdo da defesa, que conta também com os centrais Artur Jorge e Moisés e o lateral-direito Marcelo Goiano, para além do guarda-redes Quim.

Nas redes sociais, Sequeira deixou uma mensagem de agradecimento.

“É, para mim, uma enorme honra e um grande privilégio fazer parte de um grupo tão restrito de jogadores. Quero também agradecer todo o carinho que sempre demonstraram desde que aqui cheguei e pronto retribuir em campo todo esse carinho para que, juntos, continuemos a conquistar muitas mais coisas”, referiu o atleta que, no plano desportivo, está a evoluir de forma positiva dos problemas físicos que o têm impedido de ser titular de forma regular nos últimos jogos.

Se o quadro clínico continuar a registar melhorias nos próximos dias, a presença no jogo de domingo com o Benfica pode ser uma realidade.

Em situação idêntica à de Sequeira está Rolando, que também tem estado de fora por problemas físicos, embora acalente, à imagem do lateral, esperanças de ser mais uma opção para Carlos Carvalhal no importante duelo frente às águias.

No que toca aos centrais, o nome de Raul Silva também faz parte do lote de indisponíveis mas, no caso do defesa brasileiro, a presença no jogo da 24.ª jornada parece praticamente descartada.

De fora também continua o médio Castro, que já não joga há quase dois meses, depois de se ter lesionado aos 8 minutos do duelo com o Portimonense, a 4 de Fevereiro. De então para cá, já falhou dez jogos e as melhores expectativas apontam para um regresso à competição no início de Abril, após a paragem para os compromissos da selecção.

Deixa o teu comentário