Braga, sexta-feira

Sobreposta, Lamas e Arentim abrem piscinas se situação não se alterar

Regional

08 Junho 2021

Patricia Sousa

Tal como no ano passado, as piscinas das freguesias de Lamas e de Sobreposta vão abrir as portas, se a situação pandémica se mantiver como está. O mesmo vai acontecer em Arentim. Presidentes garantem cumprimento de regras de segurança.

Tal como o ano passado, as juntas de freguesia de Lamas e de Sobreposta têm intenções de abrir as portas das piscinas se a situação pandémica se mantiver como está. Este ano, está previsto abrir também a piscina de Arentim. Os autarcas tomaram a decisão de abrir as piscinas das freguesias sob um rigoroso plano de contingência que confere segurança a todos os que pretendem usufruir daqueles espaços neste Verão.


O presidente da Junta de Freguesia de Lamas, João Alves, adiantou que as piscinas vão abrir no próximo dia 19 de Junho, se até lá a situação pandémica se mantiver como está. “Vamos abrir nos mesmos moldes que abrimos o ano passado. Se temos todas as regras de segurança exigidas pela Direcção Geral de Saúde, porque não havemos de abrir?”, questionou o autarca, confirmando que se a situação do concelho se alterar “obviamente” as piscinas não abrem. O contrário também é válido, ou seja, se a situação se alterar favoravelmente e se for possível levantar as restrições, a piscina voltará a ter o horário de funcionamento que tinha antes da pandemia.


As piscinas estarão abertas das 14 às 20 horas, sendo que há uma série de requisitos a cumprir à entrada. Além disso, os balneários estão interditos, só são permitidas toalhas sequenciais a membros da mesma família, sendo obrigatório manter o distanciamento social e respeitar as regras impostas.


Entretanto, vai manter-se o sistema de contagem de entradas, tal como aconteceu o ano passado. A junta vai colocar à disposição um website que dará informações sobre a lotação do espaço, evitando assim deslocações desnecessárias. É uma espécie de ‘infopraia’ onde os utentes podem consultar qual a lotação do equipamento durante o seu horário de abertura.


Também a presidente de Junta de Freguesia de Sobreposta, Elizabete Silva, tem intenção de abrir as piscinas no próximo dia 26 de Junho. “A decisão não está totalmente tomada, porque naturalmente estamos a acompanhar a situação pandémica”, assegurou.


Para a presidente, “apesar da situação neste momento estar a piorar, está muito melhor do que o ano passado”, por isso, Elizabete Silva não vê qualquer obstáculo para não abrir a piscina.


A ideia é abrir as portas, até à primeira semana se Setembro, todos os dias das 10 às 19 horas. “Vamos manter a proibição de ir à água no período do almoço para fazer a manutenção”, referiu.


À chegada à piscina, os utentes serão acompanhados por um colaborador até ao local onde depois devem permanecer, tendo de cumprir todas as regras que estarão devidamente afixadas no recinto. “As pessoas já sabem as regras. O ano passado não tivemos nenhuma chatice e não tivemos muitos dias em que as pessoas chegaram à piscina e tiveram que se ir embora, por a lotação já estar esgotada”, lembrou Elizabete Silva, garantindo que o ano passado “correu muito bem e este ano, à partida, também tem tudo para correr”.


A junta de freguesia está a preparar tudo para abrir a piscina e se no dia 26 de Junho estiverem as condições reunidas as piscinas abrem.


O presidente da União de Freguesias de Arentim e Cunha anunciou também a abertura, este ano, das piscinas de Arentim prevista para o dia 3 de Julho.


“Vamos abrir as piscinas das 14 às 19 horas todos os dias da semana”, avançou José Afonso.


Os colaboradores vão controlar as entradas com a bilheteira, sendo que o plano de contingência vai obrigar ao distanciamento entre utentes, a medição da temperatura à entrada e à desinfecção das mãos.

Deixa o teu comentário