Braga, terça-feira

Sporting de Braga tem condições para ultrapassar Roma - Abel Xavier

Desporto

16 Fevereiro 2021

Lusa

O Sporting de Braga tem todas as condições para seguir em frente na Liga Europa, apesar de a eliminatória ser de elevada dificuldade, frente à Roma, considerou o antigo futebolista dos italianos Abel Xavier.

O ex-selecionador de Moçambique representou os romanos, como jogador, na época de 2004/05, e em declarações à Lusa mostrou seguir de perto a atualidade dos dois clubes que se vão defrontar nos 16 avos de final, mas não conseguiu, ainda assim, apontar um favorito.

 

“São duas equipas com um futebol dominante, de posse, portanto não consigo, sinceramente, dar favoritismo a uma equipa. Agora, acredito que vai se um jogo de muita qualidade, e quando falamos disso estamos a olhar para quem comete menos erros e quem será mais forte nas bolas paradas, que pode ser determinante nesta eliminatória”, analisou o antigo internacional português.
 

 

A Roma é “uma equipa extremamente competitiva”, e “muito bem liderada por Paulo Fonseca”, treinador português que colocou na equipa um cunho pessoal que “vai de encontro àquilo que o adepto gosta”, ou seja, “futebol dominante, de características muito próprias e vinculadas a uma ideia de jogo positiva”, comentou Abel Xavier.
 

O Sporting de Braga “tem aumentado a competitividade em virtude de um grande trabalho da estrutura” e, segundo o antigo internacional português, tem em Carlos Carvalhal “um dos treinadores mais qualificados do futebol europeu no que diz respeito à preparação das equipas e a reduzir o défice competitivo” em relação aos adversários.
 

“Portanto, o Sporting de Braga jogará em Roma da mesma forma como se jogasse em Braga. O seu futebol tem o cunho pessoal do próprio treinador, Carlos Carvalhal, que muito prezo, e dinâmicas muito próprias de domínio sobre o jogo, alterando mesmo as ideias consoante o que o jogo está a pedir”, frisou.
 

E, um dos maiores problemas que se podem colocar à equipa portuguesa, é mesmo a quantidade de ‘baixas’ no setor defensivo, “que fica um pouco comprometido”, mas Abel Xavier acredita nas capacidades de Carlos Carvalhal, que “tem sempre encontrado soluções e a equipa tem sempre correspondido”.
 

“A questão é que vai entrar-se aqui numa fase de alta competitividade em relação ao tempo de recuperação e jogos. Creio que o Sporting de Braga tem um plantel reduzido, portanto esta gestão tem de ser feita com muito cuidado, mas não tenho dúvidas que vai continuar a ser competitivo, tanto na Europa como a nível nacional”, assumiu.
 

O treinador do Sporting de Braga, de resto, frisou após o jogo frente ao FC Porto, a contar para a I Liga, que a sua equipa irá disputar 10 jogos no mesmo período em que a Roma vai jogar cinco, motivo pelo qual Abel Xavier considera que deve ser feita “uma reflexão profunda a nível europeu”.
 

“Acredito que com uma melhor calendarização podemos ter melhor futebol, com melhor qualidade, mas para isso é necessário que a cronologia das competições bata certo, faça sentido. Nós, hoje, temos também a sustentabilidade do futebol a chocar com a gestão dos grupos, dos quadros competitivos dos campeonatos, por isso isto não é uma reflexão nacional, tem de ser a nível europeu”, comentou.
 

O Sporting de Braga recebe a Roma na quinta-feira, às 17:55, em encontro da primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol. O encontro da segunda mão está agendado para uma semana depois, em 25 de fevereiro, no Estádio Olímpico de Roma.
 

A equipa portuguesa chegou a esta fase da competição após terminar a fase de grupos no segundo lugar do Grupo G, atrás do Leicester (Inglaterra) e à frente do Zorya Luhansk (Ucrânia) e do AEK Atenas (Grécia).
 

Já os ‘transalpinos’ venceram o Grupo A, à frente do Young Boys (Suíça), do Cluj (Roménia) e do CSKA de Sófia (Bulgária).

Deixa o teu comentário