Braga, quarta-feira

Taça de Portugal: juntos pela terceira

Desporto

23 Maio 2021

Joana Russo Belo

SC Braga e Benfica medem forças, esta noite, numa inédita final da Taça de Portugal. Guerreiros procuram o terceiro troféu.

Juntos pela terceira. É este o lema do SC Braga para a final da Taça de Portugal desta noite, a partir das 20.30 horas, frente ao Benfica. É a sétima presença da equipa arsenalista na final da prova rainha do futebol nacional, numa história que conta com dois troféus nas vitrines do museu do clube, conquistados em 1966 (com um golo de Perrichon, frente ao Vitória de Setúbal) e 2016 (no memorável duelo com o FC Porto, que precisou de grandes penalidades, após o empate a duas bolas). Dois títulos no intervalo de 50 anos e que os guerreiros querem voltar a festejar, cinco anos depois dessa última conquista histórica no Jamor, na era de Paulo Fonseca.

Num ano atípico marcado pela pandemia - e com o duelo a disputar-se à porta fechada - a legião bracarense uniu-se em torno da equipa e fez questão de mostrar total apoio aos guerreiros, ontem, ao início da tarde, na partida da comitiva rumo a Coimbra. Uma onda vermelha invadiu as ruas da cidade, com dezenas de adeptos a concentrarem-se em pontos fulcrais da variante para incentivarem os jogadores na passagem do autocarro, num tónico extra de confiança e motivação para o objectivo da conquista da Taça. Numa final que tem a particularidade de ser inédita, já que SC Braga e Benfica nunca se defrontaram em 80 edições da prova.

Deixa o teu comentário