Braga, sexta-feira

Treinador do Vitória quer melhorar na defesa para tentar vencer líder Sporting

Desporto

19 Março 2021

Lusa

O treinador João Henriques afirmou hoje que o Vitória de Guimarães vai a Lisboa para disputar os pontos com o líder Sporting, em jogo da 24.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, precisando de melhorar na defesa.

O treinador João Henriques afirmou hoje que o Vitória de Guimarães vai a Lisboa para disputar os pontos com o líder Sporting, em jogo da 24.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, precisando de melhorar na defesa.

Com um registo de uma vitória, três empates e quatro derrotas nos últimos oito jogos, tendo marcado oito golos e sofrido 15, mais um do que nas primeiras 16 jornadas, a equipa vimaranense precisa de corrigir as falhas defensivas para poder derrotar o líder do campeonato, com 61 pontos, fruto de 19 triunfos e quatro empates, admitiu o técnico.

"Vamos jogar com 11 jogadores para vencer o jogo. Não é o nosso objetivo sermos os primeiros a vencer o Sporting. O objetivo é vencer o próximo jogo. Coincidentemente, o adversário é o primeiro classificado. Estamos focados nos três pontos e em melhorar aquilo que temos feito menos bem", disse, na antevisão ao desafio agendado para as 20:30 de sábado, no Estádio José Alvalade.

João Henriques mostrou-se, aliás, convencido de que a formação minhota vai "fazer um jogo muito competente" e "dignificar a sua ambição", depois de uma semana de trabalho em que o plantel apresentou "muita vontade" de fazer "as coisas bem feitas", em resposta ao desaire caseiro perante o Gil Vicente (4-2).

O ‘timoneiro' enalteceu as recentes melhorias no processo ofensivo, com o Vitória a apresentar "mais volume ofensivo, remates e situações de finalização", mas reconheceu que a "consistência defensiva" tornou-se uma "lacuna", não esclarecendo se vai alinhar frente aos ‘leões' com quatro defesas, segundo o modelo tático habitual, ou com três, continuando o que foi testado na segunda parte com o Gil.

"Houve várias razões pelas quais nos últimos jogos sofremos muitos golos. Só temos de olhar para o que não fizemos bem e tentar melhorar. [Com o Gil Vicente], passámos de uma linha de quatro [defesas] para uma de três, mas não trabalhámos só uma situação. Vamos dar uma boa resposta nesse momento do jogo onde temos sido mais frágeis", disse.

Depois de ter lembrado que, na primeira volta, após o triunfo leonino em Guimarães por 4-0, o Sporting "estava a vencer os 200 metros" da I Liga, o técnico vitoriano reconheceu que a formação treinada por Rúben Amorim lidera agora a "maratona", afirmando-se como uma "equipa sólida", que "perde poucos pontos" e "caminha a passos largos para uma época de sucesso", sendo "muito difícil de contrariar".

"Tem uma vantagem confortável e consegue ter a tranquilidade necessária para, mesmo com ‘serviços mínimos', ultrapassar as dificuldades. É uma boa equipa, com boas ideias e estável. Se formos competentes nos duelos individuais, na vontade de vencer, no conjunto forte e solidário, temos a nossa percentagem [de hipóteses] de sermos os primeiros a ultrapassar este adversário", vincou.

Questionado ainda sobre a pressão dos adeptos do Vitória sobre o plantel em resposta aos resultados mais recentes, João Henriques disse ver essa "exigência" como "boa", digna de "clube grande".

O Vitória de Guimarães, sexto classificado da I Liga, com 35 pontos, defronta o Sporting, primeiro, com 61, em partida da 24.ª jornada, agendada para as 20:30 de sábado, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, com arbitragem de Tiago Martins, da associação de Lisboa.

Deixa o teu comentário