Braga, quarta-feira

UE condena "horrível ataque" a centro de migrantes na Líbia e pede investigação

Internacional

03 Julho 2019

Lusa

A União Europeia (UE) condenou hoje o horrível ataque aéreo a um centro de migrantes perto de Tripoli e exigiu uma investigação ao raide.

“A UE junta-se a um apelo da ONU para que seja aberta imediatamente uma investigação sobre a autoria deste horrível ataque”, declarou a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, em comunicado.
 

“A violência contra civis, incluindo refugiados e migrantes, é completamente inaceitável e deploramo-la nos mais fortes termos”, acrescenta o comunicado.
 

Pelo menos 40 pessoas morreram na sequência de um ataque aéreo que atingiu, na noite de terça-feira, um centro de detenção de migrantes nos arredores da capital líbia, Tripoli, segundo o balanço das autoridades libias.
 

Em abril, as forças lideradas pelo marechal Khalifa Haftar, o homem forte da fação que controla o leste da Líbia e que disputa o poder político líbio, lançaram uma ofensiva contra Tripoli, onde está o Governo de Acordo Nacional, estabelecido em 2015 e reconhecido pela comunidade internacional (incluindo pelas Nações Unidas).

Deixa o teu comentário