Braga, quinta-feira

Um quarto das empresas de comércio por grosso de eletrodomésticos em risco de incumprimento

Economia

18 Novembro 2022

Lusa

Cerca de 27% das empresas de comércio por grosso de eletrodomésticos, aparelhos de rádio e de televisão em Portugal encontram-se em risco de incumprimento de pagamento aos fornecedores.

No entanto, e com base nos dados fornecidos pelo Insight View, as empresas têm vindo a ter um aumento relevante da faturação nos últimos anos.
 

O volume de negócios do último exercício financeiro mostra que estas empresas registaram um aumento de 10% em relação aos valores pré-pandémicos, que mostram ainda que os grossistas de eletrodomésticos, aparelhos de rádio e de televisão estão especialmente concentrados nos grandes centros urbanos, em Lisboa (31%), no Porto (23%), Braga (8%), Setúbal (6%) e em Aveiro (5%).
 

No entanto, nos cinco distritos líderes do setor, a distribuição do risco de incumprimento de pagamentos aos fornecedores é bastante semelhante, lê-se na nota distribuída.

Deixa o teu comentário