Braga,

Uma obra de arte ao serviço do desporto

Desporto

11 Setembro 2020

Redação

Polidesportivo da urbanização de S. José ganhou nova vida. Tela de mil m2 está disponível para a prática do basquetebol.

Devoluto e degradado durante anos, o recinto polidesportivo da urbanização de S. José, na freguesia de S.Victor, foi ontem reinaugurado como maior campo de basquetebol de rua da Europa e o primeiro exclusivo para a prática de basquetebol 3x3 em Portugal. Cerca de mil metros quadrados estão agora ao serviço dos clubes de basquetebol do concelho, entre os quais o regresso do Sporting Clube Leões das Enguardas, que regressou à prática da modalidade.
 

Para além das generosas dimensões, que permitem receber competições da FIBA e acolhem campos de 4x4, 5x5 e duas tabelas para treino de lançamentos, o polidesportivo de S. José assume-se como icónico graças à intervenção do artista plástico ‘Contra’, que transformou o piso do recinto numa grande tela policromática, com domínio do azul, cor do brasão da cidade de Braga.
 

A “obra de arte que a partir de Braga vai correr mundo e contribuir para promover a nossa cidade” foi realçada pelo presidente da Câmara Municipal, Ricardo Rio, na cerimónia de reabertura do polidesportivo da urbanização de S. José, salientando o edil que “este era um equipamento degradado, que não ajudava em nada à qualidade de vida da população nem servia as colectividades da envolvente”. Encontra--se agora “ao dispor do desporto e da população”.
 

‘Contra’, alter-ego de Rodrigo Gonçalves, foi convidado a recriar o polidesportivo de S. José pela ‘Hoopers’, uma plataforma de jogadores e fãs de basquetebol, tendo o projecto sido apoiado pelo Município de Braga, Instituto Português do Desporto e Juventude e Federação Portuguesa de Basquetebol.
 

Acessível a pessoas com mobilidade reduzida, o icónico campo de basquetebol representa, segundo o delegado regional do Norte do IPDJ, Vítor Dias, “uma interessante ligação do desporto à arte”.


Já Fernando Monteiro, presidente da Associação de Basquetebol de Braga, manifestou “orgulho” por ter este espaço para a prática da modalidade, “espectacular” nas suas dimensões.


O presidente da Junta de Freguesia de S. Victor, autarquia que há anos vem reivindicando a reabilitação do polidesportivo de S. José, fez votos para que este seja agora um espaço de formação de homens e atletas, congratulando-se com a intenção do ‘Leões das Enguardas’ em voltar a ser uma referência na prática do basquetebol.
 

Moradores exigem mais lugares de estacionamento
 

A cerimónia de abertura ao público do polidesportivo de S. José foi aproveitada por moradores da urbanização para protestarem contra a escassez de estacionamento automóvel, após as obras de reordenamento urbano realizadas pela Câmara Municipal.


Alguns populares apuparam o presidente da Câmara Municipal, Ricardo Rio, e em algumas varandas foram colocadas faixas reclamando mais lugares de estacionamento nas artérias abrangidas pela projecto ‘Zona 30’.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho