Braga, sexta-feira

União de Sindicatos de Braga prepara Congresso para 2020

Regional

26 Dezembro 2019

Redação

Coordenador da União de Sindicatos de Braga perfila-se para novo mandato à frente da estrutura sindical. Joaquim Daniel Rodrigues fala de um sindicalismo mais centrado nas empresas.

A União de Sindicatos de Braga (USB) vai realizar, em meados de 2020, o seu 10.º Congresso, com a perspectiva de recondução do actual coordenador, Joaquim Daniel Rodrigues, para um terceiro mandato consecutivo.
 

Ao?Correio do Minho, o sindicalista manifestou a sua disponibilidade para integrar uma lista candidata à futura direcção da USB, órgão a eleger no Congresso e do qual sairá uma comissão executiva e o respectivo coordenador ou coordenadora.
 

Em jeito de balanço quase dois mandatos já cumpridos, Joaquim Daniel Rodrigues considera que, “após quatro anos altamente desgastantes e de luta constante com o governo PSD/CDS”, estes últimos três anos e meio à frente da estrutura distrital da CGTP-IN, coincidentes com o Governo PS, possibilitaram “um pouco mais de calma, porque a recuperação de rendimentos foi uma realidade”.
 

O coordenador da USB releva que os sindicatos estiveram menos presentes na rua nestes últimos quatro anos, uma “calma” que possibilitou “uma coisa fundamental para o movimento sindical: virar a acção mais para dentro das empresas”.
 

Acrescenta que foi possível “eleger mais delegados de higiene e segurança do trabalho e aumentar a estrutura de representantes dos trabalhadores no distrito”.
 

A par disso, Joaquim Daniel Rodrigues refere que “tem sido possível aumentar o número de cadernos reivindicativos nas empresas”, destacando os que se encontram “em andamento” empresas de dimensão no distrito como a TESCO ou a Continental Mabor, sendo que nesta última está “praticamente concluído” com acordo “com aumentos substanciais” de salários.
 

Operário na fábrica desta multinacional em Lousado, concelho de Vila Nova de Famalicão, Joaquim Daniel Pereira Rodrigues, 49 anos de idade, é coordenador da USB desde 2012.
 

É membro da comissão executiva e do conselho nacional da CGTP-IN, do comité central do PCP e do SITE-NORTE- Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Norte.

Deixa o teu comentário