Braga, segunda-feira

Urjalândia deve servir de inspiração a outras aldeias de Portugal

Regional

29 Dezembro 2019

Redação

A Urjalândia - Aldeia de Natal Sustentável - espalha magia, este fim-de-semana, na aldeia do Urjal, em Seramil. Uma iniciativa que anima e atrai gente à pacata aldeia do concelho de Amares onde residem apenas 25 pessoas.

Adiada devido ao mau tempo que se fez sentir no passado fim-de-semana, a Urjalândia, Aldeia de Natal Sustentável, regressa com sol à aldeia do Urjal, em Seramil no concelho de Amares.
 

Na abertura da Urjalândia, Mota Alves, presidente da ATAHCA - Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave, afirma que que “é destes exemplos que se deve replicar por muitas outras aldeias de Portugal, com iniciativas diferentes desta, mas é bom o que faz aqui possa ser disseminado por outros lugares porque é disto que o mundo rural precisa, caso contrário, muitas aldeias como a de Urjal poderão transformar-se em aldeias fantasma”.
 

Mota Alves realça que Urjal é uma aldeia com vida “e é com estas iniciativas que nós conseguimos atrair pessoas que são naturais de Urjal, melhorar a auto-estima de quem quem aqui reside e ajudar a melhorar a economia local”.
 

Trata-se da terceira edição da Urjalândia ‘Aldeia de Natal Sustentável’, uma iniciativa pro-movida pela população, fruto de uma parceria entre a Câmara Municipal de Amares, a Junta de Freguesia de Vilela, Seramil e Paredes Secas e a ATAHCA. Urjal é uma das ‘Aldeias da Saudade" que distingue e promove um conjunto aldeias tradicionais do território do Cávado que mantém vivas as suas actividades tradicionais ligadas à agricultura de montanha, a sua arquitectura e património rural, a presença humana das suas gentes e da sua hospitalidade, os produtos locais, tudo complementado pela dinamização de actividades turísticas em espaço rural que permitiram criar um conjunto de empreendimentos turísticos em espaço rural.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho