Braga, quarta-feira

Verde Cool: a melhor maneira de acabar o dia em boa companhia

Regional

26 Agosto 2020

Redação

De 4 de Setembro a 4 de Outubro, os fins de tarde da região de Braga prometem ser verdes e cools, com propostas enogastronómicas que juntam os sabores da gastronomia minhota ao vinho verde.

De 4 de Setembro a 4 de Outubro, “os fins de tarde da região de Braga prometem ser verdes e cools, com propostas enogastronómicas que juntam os sabores da gastronomia minhota ao vinho verde para celebrar a época das vindimas”. Palavras de Domingos Macedo Barbosa, presidente da Associação Comercial de Braga (ACB) na apresentação da sexta edição do roteiro Verde Cool que teve lugar ontem, no Hotel Vila Galé, que é também um dos espaços aderentes à iniciativa.
 

Domingos Barbosa destacou que esta sexta edição “é das maiores de sempre, registando a adesão de 44 estabelecimentos e 31 referências diferentes de vinho verde em degustação, oriundos de várias sub-regiões da região demarcada do vinhos verdes”.
 

O presidente da ACB estima atingir “a venda de 55 mil menus Verde Cool, o que implicará o consumo directo de cerca de 14 mil garrafas de vinho verde. Estimamos que esta iniciativa ajude a activar mais de 200 mil euros de vendas associadas ao consumo de vinho verde a copo”, acrescentando que “em termos acumulados, se concretizarmos esta meta , ao longo das seis edições do Verde Cool teremos conseguido dinamizar vendas de cera de 1 milhão de euros, o que é um desempenho notável”.
 

Por seu turno, Manuel Pinheiro, da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, realçou que “para a região dos vinhos verdes, representando cerca de 15 mil produtores e 60 milhões de litros de vinho produzido por ano, sendo que mais de metade da produção é para exportação, esta iniciativa é muito importante para a região e que Braga puxe pela marca do vinho verde e traga para o coração da região o orgulho que é a produção de vinho verde”.


Por outro lado, Manuel Pinheiro sublinha a ligação à restauração “é muito importante. A comissão dos vinhos verdes tem por objectivo fazer a promoção dos vinhos da região. O Verde Cool é uma iniciativa o vinho à restauração”, lembrando que com a Covid-19 “nunca tivemos uma forma tão segura e tão atenciosos de visitar os restaurantes”.
 

Marco Sousa, delegado da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte de Portugal, destacou “o sucesso do projecto que, de ano para ano, tem vindo a crescer. Este é um sinal importante que é dado nestes tempos de pandemia”.


Para a directora do Hotel Vila Galé, Natália Oliveira, “muito motivador poder alavancar tudo que é economia da cidade que não só nos ajuda atrair turistas, mas porque nos sentimos parte integrante da evolução de um concelho e de uma cidade como é Braga”, manifestando o desejo de que “as 14 mil garrafas sejam, efectivamente, a nossa meta a atingir e que consigamos superá-la”.


O vereador do Turismo, Altino Bessa, afirmou que “esta é uma iniciativa que tem promovido os vinhos verdes de toda esta grande região que é composta por 48 concelhos, seis distritos e que encontra em Braga essa centralidade que surge como grande promotora dos vinhos verdes”.
 

Altino Bessa dá nota da “evolução rápida dos vinhos verdes que nenhuma outra região teve num espaço tão curto de tempo. Hoje os vinhos verdes são vinhos muito apreciados e têm uma qualidade que não ficam a dever a nenhuma outra região do país e isso foi uma aposta que os produtores fizeram e a própria comissão fez na imagem desses vinhos”.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho