Braga, terça-feira

Vieira do Minho faz testes gratuitos à população

Regional

25 Janeiro 2021

Redação

A Câmara de Vieira do Minho está a fazer testes de despiste à covid-19 gratuitos à população, numa "média de 25 por dia", tendo a pandemia já custado à autarquia mais de 600 mil euros, disse hoje o presidente.

A Câmara de Vieira do Minho está a fazer testes de despiste à covid-19 gratuitos à população, numa "média de 25 por dia", tendo a pandemia já custado à autarquia mais de 600 mil euros, disse hoje o presidente.

O autarca António Cardoso explicou à Lusa que, "só em 2020", aquela autarquia do distrito de Braga "ou gastou ou deixou de receber por via das ajudas socioeconómicas" mais de meio milhão de euros, um "valor pesado" no orçamento municipal.

"Uma das medidas que implementámos foi a possibilidade de testar quem quiser, quando haja justificação, claro, através dos chamados testes rápidos. Já comprámos cerca de 1.500 testes, um investimento só aqui de mais de 15 mil euros", disse.

Segundo António Cardoso, "neste momento estão a ser feitos 25 testes por dia, testes estes que são feitos à margem dos que a Saúde 24 prescreve, mas que são feitos de forma coordenada com as autoridades de saúde".

Além do custo que a autarquia está a suportar com aquela medida, "em 2020 a pandemia custou cerca de 600 mil euros aos cofres da autarquia".

"[600 mil euros] É um valor pesado no nosso orçamento [de 2020] de cerca de 17 milhões de euros que foi gasto em material de proteção e, mais do que o dinheiro gasto, é o que deixamos de receber por via das muitas isenções que implementámos para mitigar o impacto socioeconómico da pandemia no concelho", explicou.

António Cardoso referiu que "num primeiro momento o concelho conseguiu ser uma espécie de bolha, não foi muito atingido, passou o verão de uma forma muito controlada, mesmo com os muitos turistas e emigrantes", mas neste momento Vieira do Minho tem “uma situação preocupante".

"Temos cerca de 300 casos ativos de covid-19 em várias instituições, o que é muito, embora estejamos a conseguir minimizar o impacto e os surtos", salientou.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.129.368 mortos resultantes de mais de 99,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 10.721 pessoas dos 643.113 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Deixa o teu comentário