Vila Verde avança com a remoção de amianto nas escolas

Regional

08 Julho 2021

 Filipa Ribeiro Filipa Ribeiro

Empreitado de remoção de fibrocimento nos edifícios do complexo escolar da Escola Básica de Moure, em Vila Verde, está em curso.

O concelho de Vila Verde está a promover intervenções que ditam o fim do amianto nas escolas concelhias. A empreitada de remoção de fibrocimento nos edifícios do complexo escolar da Escola Básica de Moure já está em curso.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, e a Vereadora do pelouro da Educação, Júlia Fernandes, realizaram uma visita de acompanhamento desta obra, inserida no programa nacional de retirada do amianto das escolas portuguesas. Estas entidades revelaram a sua satisfação com a concretização desta empreitada, que representa o desfecho da requalificação integral do parque escolar do concelho de Vila Verde e permite agora afirmar que o mesmo fica completamente livre de uma substância com reconhecidos riscos para a saúde da população escolar e dos respectivos profissionais.

A Câmara Municipal de Vila Verde sublinhou que esta intervenção visa permitir que as crianças e os jovens, que frequentam aquele estabelecimento de ensino, possam ali dar continuidade ao seu percurso escolar com totais garantias de usufruírem das melhores condições de bem-estar.

A educação, no entender do município, é um dos vectores estratégicos do desenvolvimento e do reforço da competitividade do território concelhio, razão pela qual tem sido objecto de avultados investimentos, não apenas na renovação das instalações e equipamentos escolares, assim como na implementação de projectos educativos.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Verde reconheceu, assim, que “a aposta estratégica na educação, no sentido de capacitar os recursos humanos do concelho e de, assim, colocar Vila Verde no trilho da modernidade, está, indiscutivelmente, a ser ganha, pois o concelho possui, hoje, edifícios escolares, nos vários níveis de ensino, com excelentes condições físicas e dotados de equipamentos que propiciam a implementação de um modelo de ensino ajustados às necessidades e aos cada vez mais exigentes desafios da competitividade económica”.

António Vilela, edil do município de Vila Verde, referiu ainda que “esta intervenção destinada a remover o amianto da Escola Básica de Moure e Ribeira do Neiva é um forte impulso que está a ser dado, em parceria com o Estado, para assegurar que todos os edifícios escolares estão, a partir de agora, efectivamente, ao serviço do pleno bem-estar de todos os alunos, docentes e não docentes que ali passam uma boa parte das suas vidas”.

Deixa o teu comentário