Braga, quinta-feira

Vítor Oliveira acredita que época do Gil Vicente será definida em casa

Desporto

21 Setembro 2019

Lusa

O treinador Vítor Oliveira afirmou hoje que o sucesso do Gil Vicente na temporada estará dependente do desempenho nos jogos caseiros, em vésperas de receber o Boavista, na sexta jornada da I Liga de futebol.

“O nosso campeonato vai ser feito em casa com equipas de valor semelhante ao nosso. Nesta fase inicial, temos apanhado opositores muito complicados, mas queremos voltar às vitórias e precisamos dos três pontos para consolidar a nossa classificação. Estamos esperançados em fazer um bom jogo e conseguir um bom resultado", referiu o técnico, na conferência de antevisão ao duelo, realizada no Estádio Cidade de Barcelos.
 

Sobre os ‘axadrezados', Vítor Oliveira falou de "um adversário tradicionalmente difícil para o Gil Vicente", apelidando de "ótimo" o arranque da formação orientada por Lito Vidigal, a única sem qualquer derrota averbada na I Liga, a par do líder Famalicão.
 

"É uma equipa à imagem do seu treinador, que foi meu jogador e é meu amigo. Sei que as suas equipas são muito agressivas e competitivas, defendem e atacam com muita gente e estão sempre motivadas. Espero um Boavista confiante pelo que tem feito no início de campeonato, mas não podemos ter medo. Em nossa casa, na generalidade, podemos confrontar-nos com qualquer equipa", apontou.
 

O treinador confirmou a ausência do capitão Rúben Fernandes por lesão, numa altura em que o Gil Vicente procura a sua melhor versão, testando alternativas com a competição a decorrer.
 

"Temos sofrido lesões em todos os setores, o que dificulta a consolidação da equipa. O nosso grande trabalho neste momento é arranjar um ‘onze’ base. Temos feito algumas experiências durante o campeonato, mas estamos convencidos de que vamos acertar com a equipa rapidamente e entrar no caminho das vitórias. Alguns jogadores importantes estão a voltar e, com todo o plantel disponível, a competitividade e o nível qualitativo aumentam", analisou.
 

Os dois emblemas já se defrontaram 30 vezes na elite do futebol nacional, com o saldo favorável para aos ‘axadrezados', que venceram 19 duelos, empataram seis e perderam cinco, o último dos quais em dezembro de 2003.
 

O Gil Vicente, 13.º classificado, com cinco pontos, recebe o Boavista, na quarta posição, com nove, às 15:30 de domingo, no Estádio Cidade de Barcelos.

Deixa o teu comentário