Braga, sexta-feira

Zet Gallery leva temas do feminino e do género à Feira do Livro de Braga

Diversos

05 Julho 2021

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

É pela mão da Zet Gallery que as questões do feminino e de género vão ser levadas a debate na Feira do Livro de Braga, que decorre entre os próximos dias 9 e 25. Várias mulheres artistas dão ânimo à discussão e vão pintar um mega azulejo.

O tema do feminino e as questões de género vão ser levadas a debate à Feira do Livro de Braga pela ‘mão’ da Zet Gallery, que convidou várias mulheres artistas a falar sobre o assunto em tertúlias que vão ter lugar durante o certame bracarense, que tem o dstgroup como mecenas e que decorre entre os próximos dias 9 e 25, no Altice Forum Braga. As artistas foram também desafiadas a pintar um mega painel em azulejo, dedicado a estas temáticas, que será colocado na zona exterior do forum.


Recorde-se que a Zet Gallery havia desafiado várias mulheres artistas de vários pontos do país para trabalhar numa mostra colectiva que representasse todas as questões de género e lutas que se dirimem no feminino, tendo-se tornado ainda mais evidenciadas durante o contexto pandémico de Covid-19 que ainda se vive globalmente no mundo inteiro.
 

 O resultado dos trabalhos artísticos concebidos para o desafio lançado pela galeria bracarense, com curadoria de Helena Mendes Pereira, podem agora ser admirados na exposição ‘2 ou 3 choses que je sais d’elle’ na Zet Gallery, sita na Rua do Raio, em Braga, e na exposição ‘As 7 Mulheres do Minho’ no Centro Interpretativo Maria da Fonte, na Póvoa de Lanhoso - e são precisamente as artistas que participam nestas mostras que, além dos colóquios que alertam para a igualdade e desigualdade de género, vão também conceber um novo trabalho artístico durante a Feira do Livro de Braga, pintando um mega painel de azulejos.


O tema lançado pela Zet Gallery para este projecto é a sua visão de mulher enquanto artista, com todas as suas contigências e particularidades, indica a curadora Helena Mendes Pereira, referindo que o painel vai começar a ser pintado logo no primeiro dia da Feira do Livro de Braga 2021 e ao longo de todo o evento, sendo posteriormente inaugurado.


Aos domingos, há tertúlias que as artistas convidadas protagonizarão durante o certame bracarense. “São três domingos, em que cada grupo de artistas convidado irá discutir estes temas, procurando a Zet Gallery, através desta iniciativa cultural, trazer as questões do feminino e de género ao debate público no âmbito da Feira do Livro de Braga, quer através das tertúlias, quer por via deste painel de azulejos colectivo, que entendemos que será simbólico”, sublinha Helena Mendes Pereira, que aponta o dedo crítico à “regressão” nestas áreas nas últimas décadas, agravada ainda mais com a pandemia de Covid-19.

Deixa o teu comentário